Novidades do Blog

Flexões para frente e seus dilemas no Yoga e Pilates

Seja bem vindo a uma coluna que buscamos o que fazemos em comum no pilates e yoga e hoje é o dia de refletirmos sobre as flexões de coluna. Acreditamos que amaciar o peito e massagear o coração só pode trazer o bem não é mesmo? Mas, cuidado! Pessoas com patologias de coluna devem sempre procurar um profissional que saiba fazer as adaptações necessárias, e executar de qualquer maneira pode ser bem perigoso, mas aqui vamos discutir sobre os benefícios desta posição que é dita como uma desenvolvimento do auto-controle.

Se você é um indivíduo que só de lembrar como sofre para apontar as mãos na direção dos pés, peço que você respire fundo e tente na próxima vez que você executar um spine strech ou o saw, caso seja um praticante de pilates, com a visão do yoga: aplique o desapego!

No yoga a postura da foto é chamada de paschimottanasa (postura da pinça) e ela deve ser executada sem os dolorosos esforços. Parece contraditório, mas este é o caminho para seu auto-conhecimento. Por exemplo: se você estiver flexível na parte final da postura e naturalmente você chega até os pés, provavelmente você irá até o ponto de descansar o peso do tronco sobre suas pernas e isso pode representar um ato de desapego. Mas se este ainda não é o seu caso pois você para no ponto do sofrimento, renda-se e desista de levar a cabeça para seus joelhos, livre-se deste sentimento! Troque esta frustação por esforços para trabalhar pacientemente a mobilidade do seu quadril, mantendo um grande alongamento da coluna. Cada corpo tem sua história e não existe certo ou errado, aprenda a ouvi-lo e principalmente respeitá-lo.

Toda oportunidade de se flexionar para frente, seja nas aulas apenas com seu colchonete ou com a ajuda da barra torre no cadillac é uma oportunidade de abrir um caminho para a introspecção. Com certeza estes exercícios vão te ajudar para uma boa digestão, acalmarão sua mente e seus nervos, podem até aliviar dores de cabeça e cólicas menstruais.

Mas acima de tudo, cada momento destes é uma forma de trabalhar sua perseverança e aquietar sua mente. E quando entramos neste estado de concentração, chegamos à clareza, chegamos à parte dos benefícios mentais que Joseph tanto falava, trabalhamos para o corpo, a mente e espírito!

Boas flexões de coluna e seja feliz praticando!

Por Ge Gurak

Instrutora que atua há mais de 14 anos com Pilates e Yoga e teve a chance de aperfeiçoar-se na Índia, além de possuir especialização em ZEN•GA™ e representar o método Garuda® no Brasil. Conduz suas aulas no Centro de Treinamento da TcPilates (www.tcpilates.com.br)

Compartilhe este Post

Opiniões

Os comentários aqui postados não representam nossa opinião.
A responsabilidade é exclusiva do autor da mensagem.

Dê sua Opinião